BLOG

  • Dra. Luciana Gandra

Criatividade: Os Dragões Gêmeos

Quando perdemos nossa criatividade? Em que momento passamos a valorizar aquilo que não temos?


“Olha!! Ganhei um dragão!!!“ Dedeco veio correndo me mostrar a novidade.

Sua festa de aniversário estava começando e ele recepcionava os amigos, fazendo questão de abrir as surpresas que chegavam. Olhando pra ele imediatamente retruquei: “É lindo! Mas você ganhou um desses na semana passada, da vovó! Lembra?”

É claro que ele lembrava. Havia sido seu brinquedo favorito dos últimos dias, companheiro de aventuras radicais.

A mãe do coleguinha logo se adiantou: “André, não tem problema, eu troco por outro dragão, diferente do que você já tem! Posso levá-lo??”

“Não!!!!! “ exclamou o aniversariante injuriado, com lágrimas brotando nos olhos .

Nós adultas, insistimos no plano de trocar o brinquedo. Seria rápido, no máximo até quarta-feira o novo dragão estará aqui!!! Porém isso só piorou a crise já instalada.

“Mamãe, eu não quero um dragão diferente, quero esse, que será o irmão gêmeo do Gelinho !“ explicou a criança em meio a soluços de indignação.

Dragões gêmeos.... como não pensei nisso antes???

Em que momento da nossa existência deixamos escapar essa capacidade de enxergar o extraordinário em situações aparentemente desfavoráveis ?


No decorrer da vida, o mundo ensina nossas crianças a valorizar tudo que eles não tem. Muitas vezes somos coniventes, com a desculpa do amor maior do mundo.


No final da festa ele me pede: “Mamãe, solta o Dentuço dessa caixa?”

Cortando as amarras que prendiam o dragão à caixa de papelão, desejei profundamente que ele ficasse sempre assim. Surpreendente. Criativo. Criança.



126 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Autocuidado : o que significa na prática ??

Quer saber exatamente o que é autocuidado ?? Na medicina integrativa estudamos as atitudes e mudanças no estilo de vida que promovem autocuidado. . . 1- Sono : precisa ser reparador, de 7 a 8 horas po